Postagem em destaque

Parto sem dor

Os métodos de PSD prepara-se para sair da mãe da criança. Naquela época, a parteira, que cortou o cordão umbilical imediatamente, a cria...

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Recém-nascido - Feto Você sente alguma coisa?


Você tem algo que o feto?

E. Schrödinger disse: "Ele sempre dá um atraso de transmissão entre as idéias de estudiosos e da idéia de que as pessoas formam as idéias desses estudiosos."

O nascimento, a passagem do útero para a vida fora do mundo desconhecido, é uma provação terrível, física e psicologicamente torturante para a criança, que sofre de um modo passivo, sem encontrar o fim do calvário, a consolação host, que é o direito de esperar de nós.

E vai-se objetar: como pode-se dizer que a criança se sente como uma provação de natalidade? Como você pode até dizer que a criança se sentir alguma coisa?

"Bah, um recém-nascido não sente nada ..."

Esse tipo de raciocínio é semelhante aos apoiada por eminentes estudiosos, apenas dois séculos atrás, que perguntou se as mulheres tinham alma, mesmo que lhe faltasse a inteligência.

"Bah, as mulheres não pensam ..."
No entanto suficientes para considerar cinco minutos sobre o que um adulto iria impor evidências físicas que a criança sustentada durante o parto, poucos adultos com a resistir. Sem mencionar a angústia eo pânico vivido em cima de entrar neste mundo novo, desconhecido e hostil.

"Bah, um recém-nascido não sente nada ..."
No entanto, dois minutos após o nascimento, enquanto você segura em seus braços, fazer o que você cair, seu corpo inteiro feito um movimento de terror e vai a uivar. Se um recém-nascido sente tão fortemente a tentativa de um movimento em falso, apenas dois minutos após o nascimento, não é concebível que sentem a mesma intensidade, dois minutos antes?

Por que um grande número de médicos insistem em comparar o feto com uma pedra e não querendo admitir, contra todas as evidências científicas, que é capaz de perceber muito antes do nascimento?



Nenhum comentário:

Postar um comentário